top of page
  • Foto do escritorDra.Larissa Toyufuku

Saiba mais sobre a Osteoartrose em cães


Temida pelos tutores de pets mais idosos, a osteoartrose ou Doença Articular Degenerativa (DAD) é mais comum do que se pode imaginar e é descrita como a causa mais comum de dor crônica em cães. Estima-se também que ela seja a causadora de pelo menos 80% dos casos clínicos de doenças articulares em animais de companhia.



Mas afinal, o que é osteoartrose?


É uma doença ortopédica de caráter crônico, progressivo e degenerativo, que pode acometer uma ou mais articulações. Este processo de deterioração das estruturas articulares pode ocorrer de forma primária por desgaste e perda de elasticidade com avanço da idade ou secundária a outros processos como sobrepeso, traumas, doenças articulares prévias, más formações congênitas, ambiente inapropriado, atividades físicas de alto impacto, infecções, alterações metabólicas, nutricionais, entre outros.


Em um animal sem DAD, a cartilagem hígida permite manobras normais de flexão, extensão e outros movimentos fisiológicos para a mobilidade e funcionalidade perfeita da articulação em questão, além de receber a nutrição e hidratação adequada de um ambiente periarticular saudável.


Quais são os principais sinais?



Nos animais acometidos pela osteoartrose, a cartilagem sofre degradação e alterações estruturais como fissuras, microfraturas e esclerose do osso subcondral, causando sintomas como:


  • Claudicação (pior após repouso);

  • Dor aguda e crônica;

  • Locomoção lenta e rígida;

  • Relutância em passear/brincar;

  • Dificuldade para se sentar e levantar;

  • Alteração postural e de marcha;

  • Evitar o toque no local;

  • Tensões e contraturas musculares;

  • Perda de força e massa muscular;


A DAD afeta cães de todos os portes e faixas etárias, porém, raças grandes e gigantes apresentam os sinais clínicos da doença mais precocemente e geralmente de forma mais severa.


Como é feito o diagnóstico?


O diagnóstico é realizado através do histórico do paciente, sinais clínicos, avaliação física ortopédica e análise de exames de imagens como radiografias e tomografia.


E o tratamento?



Apesar de ser uma doença crônica e sem cura, é possível minimizar os sintomas e controlar o avanço da sua progressão. Perda de peso e fortalecimento muscular são essenciais para um manejo adequado do animal com osteoartrose, além da adequação do ambiente no qual esse animal vive.


O tratamento eficaz é aquele multimodal e sempre com o acompanhamento de um médico veterinário, pode incluir a utilização de medicamentos, nutracêuticos, fisioterapia, acupuntura, ozonioterapia, entre outros tratamentos complementares de acordo com a necessidade individual de cada paciente.


A Pet Integra Alphaville é uma clínica de reabilitação veterinária que oferece tratamentos integrativos para os animais, além de diversas especialidades para promover a saúde e o bem-estar deles como um todo.


Agende uma consulta pelo link abaixo







Posts recentes

Ver tudo

Komentáře


bottom of page