top of page
  • Foto do escritorPet integra

Alzheimer em pet?


No mundo animal, existe uma afecção neurológica muito similar ao Alzheimer em humanos, denominada Síndrome da Disfunção Cognitiva (SDC).


Ela é considerada uma doença neurodegenerativa, associada ao envelhecimento das células do sistema nervoso central, e geralmente acomete cães e gatos a partir de 10 anos de idade.


A SDC se caracteriza pelo declínio progressivo das funções cognitivas como memória, percepção e estado mental, o que acaba causando alterações nas interações sociais do pet com o meio no qual ele vive, como mudanças no ciclo de sono e hábitos do dia a dia.



Síndrome da Disfunção Cognitiva

Apesar de ser mais comum em animais bem idosos, eles podem começar a apresentar perdas leves da função cognitiva a partir dos seis anos de idade, por isso, é importante relatar ao médico veterinário que acompanha o pet qualquer alteração significativa no comportamento dele.


A disfunção cognitiva acomete cães e gatos de ambos os sexos e todas as raças, e, apesar de não ser uma doença que pode levar à morte, se mostra muito impactante na qualidade de vida dos pets, uma vez que os incapacita de forma lenta e progressiva.






Quais são os principais sintomas?


  • Andar compulsivo;

  • Diminuição de noção espacial;

  • Perda de memória e dificuldade em novas aprendizagens;

  • Se perder no próprio ambiente;

  • Não reconhecer os tutores;

  • Vocalizar sem motivo (Uivar e latir);

  • Realizar as necessidades em locais inapropriados;

  • Hiperatividade noturna (fica ativo à noite e sonolento durante o dia);

  • Mudanças nos hábitos alimentares (compulsões ou ausência de apetite ou sede.


A gravidade e frequência desses sintomas dependerão do estágio da doença e do grau de acometimento neural, por isso, o diagnóstico precoce se torna essencial para evitar a velocidade de sua progressão. Este, deve ser realizado por um médico veterinário através da avaliação neurológica e exames complementares.


Como é feito o tratamento?



Por se tratar de uma afecção neurodegenerativa complexa e de caráter progressivo, o melhor tratamento é aquele multimodal através de uma abordagem multidisciplinar, ou seja, não existe um só tratamento indicado e sim várias abordagens terapêuticas concomitantes.


Medicamentos para diminuir os sinais neurológicos, nutracêuticos antioxidantes e anti-inflamatórios, dietoterapia, enriquecimento ambiental e claro, a reabilitação veterinária através da acupuntura, da ozonioterapia e a fisioterapia!


Aqui na Pet Integra Alphaville oferecemos atendimento especializado em neurologia veterinária, além de todos os tratamentos integrativos indicados no combate da disfunção cognitiva animal!


Agende uma consulta pelo link abaixo.






Comments


bottom of page