top of page
  • Foto do escritorDra.Larissa Toyufuku

Você já conhece a nossa queridinha, esteira aquática?


A hidroesteira veterinária consiste em uma esteira mecânica inserida dentro de uma piscina ou de um tanque próprio, na qual é possível executar caminhadas com intensidades variadas e ajustar o nível da água em relação ao paciente, de acordo com suas necessidades e condições físicas.


É um aparelho fisiátrico indicado principalmente para auxiliar na reabilitação de animais que realizaram cirurgias ortopédicas ou neurológicas, que apresentam impotência funcional de algum membro, doenças degenerativas, artroses, dificuldade locomotora, fraqueza muscular e/ou sobrepeso.


A intensidade e o tempo do exercício realizado pelo paciente podem variar dependendo do caso e do objetivo a ser alcançado, sendo sempre respeitada suas limitações e individualidade.. Essa modalidade deve ser prescrita e assistida pelo médico veterinário fisiatra.


Quais são os principais benefícios?



O principal objetivo do exercício na esteira aquática na fisiatria veterinária, é promover uma atividade física controlada e eficaz na recuperação precoce e completa da função locomotora do paciente.


Seu benefícios são inúmeros, listamos as principais:


Redução do impacto nas articulações e na coluna:


A água oferece um ambiente seguro para a realização de exercícios, uma vez que devido ao seu princípio de flutuabilidade, ela promove uma sensação de leveza e reduz a pressão sobre as articulações e a coluna do paciente, que é especialmente importante em casos de animais obesos, idosos e/ou com dificuldades locomotoras.


Aumento da circulação sanguínea:


A temperatura da água utilizada na hidroesteira pode variar entre 27 a 32 graus célsius, o que somado à atividade física moderada, promove um aumento do fluxo sanguíneo.



Potencializa o fortalecimento muscular:


A caminhada esteira aquática é considerada um exercício resistido, uma vez que o paciente ao se movimentar submerso na água, precisa vencer a sua resistência e viscosidade, o que potencializa o ganho de força e de massa muscular.




Acelera recuperação pós operatória:


Dependendo da altura e da temperatura da água escolhidas pelo profissional, podemos diminuir espasmos musculares, aumentar a condução nervosa e a confiança no apoio, auxiliando na recuperação de lesões neurológicas e ortopédicas.


Promove alto gasto calórico:


Os exercícios submersos na água melhoram o condicionamento físico e cardiovascular do paciente, aumentam o metabolismo e o gasto energético em até 50% quando comparados à uma caminhada moderada em solo.




E quais são as suas indicações?


O uso da hidroesteira é indicada em casos de:



Artrite e artrose: a água promove a sensação de leveza e bem-estar durante a atividade física, aliviando o desconforto e rigidez articular causados pela doença articular degenerativa;


Afecções ortopédicas: animais com displasia coxofemoral ou de cotovelo, luxação de patela, ruptura de ligamento cruzado cranial, instabilidade de ombro, entre outros, se beneficiam muito da hidroesteira, uma vez que, além de potencializar o ganho de força e de massa muscular, essa terapia aumenta a mobilidade e flexibilidade articular;


Sobrepeso e obesidade: a esteira aquática é considerada uma atividade física de alto gasto calórico e de baixo impacto articular, super indicada para animais com sobrepeso e baixo condicionamento físico.


Pós-operatório ortopédico e neurológico: os exercícios realizados na esteira aquática auxiliam no apoio precoce, ganho de confiança e força, além de estimular o equilíbrio e coordenação motora.


Paralisia: aparelho essencial para recuperação da musculatura, força e deambulação de animais paralisados, seja através do caminhar voluntário ou involuntário (medular).


Hipotrofia muscular: traz ótimos resultados na recuperação da força e da massa muscular de animais que passaram muito tempo em repouso e/ou que estavam sem utilizar o membro.


Os diferentes níveis da água:



A água apresenta diversas propriedades físicas que tornam os exercícios e movimentos efetuados dentro dela bastante diferentes dos realizados no meio terrestre, assim como também atua sobre os pacientes de formas distintas, dependendo da altura que está em relação a eles.


As propriedades da água são: densidade relativa, flutuabilidade, pressão hidrostática, viscosidade, tensão superficial e refração.


Os diferentes níveis de água na esteira aquática permitem que os exercícios sejam adaptados de acordo com as necessidades individuais de cada animal, dividimos em 3 níveis de profundidade:



Nível baixo:


Quando utilizamos a água na altura do maléolo lateral (tarso), o animal tem a sensação de estar cerca de 10% mais leve do que quando comparado ao solo, e, ao caminhar neste nível, ele também sofre um estímulo exteroceptivo no dorso dos dígitos, devido à resistência e a tensão superficial das moléculas de água que na superfície que fica maior.


Costumamos realizar caminhadas leves e moderadas em nível baixo em pacientes neurológicos que apresentam incoordenação e déficit proprioceptivo e/ou na fase final da neurorreabilitação.


Nível Médio:


Neste caso, o nível da água é na altura do côndilo femoral (joelho) e a sensação de leveza fica cerca de 15% a menos do que o peso normal do animal. O fortalecimento muscular é intensificado, uma vez que a resistência e viscosidade da água aumentam e os músculos e as articulações que estão submersas são mais desafiados.


Neste nível, a água já oferece um suporte adicional às articulações do paciente, com mais estabilidade e segurança, melhorando também a flexibilidade e amplitude de movimento dela.


Nível Alto:


Com a água cobrindo boa parte do corpo do animal, na altura do trocanter maior femoral (quadril), o animal tem impressão de estar até 62% mais leve, e os exercícios realizados nesse nível, promovem um fortalecimento global de todos os músculos, inclusive os responsáveis por estabilizar a coluna.


Realizamos a esteira aquática nesse nível em pacientes de grande porte, com sobrepeso, paralisados, fraqueza muscular e qualquer outro quadro de dificuldade de deambulatória.


A temperatura da água



A temperatura da água na esteira aquática, geralmente é mantida em torno de 32 graus Celsius, a fim de oferecer ainda mais benefícios para nossos queridos pacientes durante as sessões de reabilitação, olha só:


  • Relaxamento muscular;

  • Melhora da circulação sanguínea;

  • Alivia espasmos e dores;

  • Aumenta condução nervosa:

  • Aumento da flexibilidade;

  • Melhora do metabolismo;

  • Redução do estresse;

  • Melhora do retorno linfático.


É importante ressaltar que a temperatura da água pode variar de acordo com a necessidade individual do animal e o objetivo do tratamento.


Resumindo: A esteira aquática é tudo de bom!


Viu só quanta coisa boa a hidroesteira promove para os nossos pacientes? Agora ficou mais fácil de entender por que ela é a terapia queridinha de todas as veterinárias da equipe, né?


Mas lembre-se, esse aparelho é somente uma das modalidades da fisiatria veterinária, todo o protocolo de tratamento deve ser prescrito e acompanhado pelo veterinário fisiatra, após avaliação prévia do animal.


Aqui na Pet Integra Alphaville contamos com profissionais capacitados e uma estrutura completa para oferecer os melhores tratamentos para o seu melhor amigo, agende uma consulta pelo link abaixo.










Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page